sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

PINDUCA - EBAL


PINDUCA (Henry, no original)
Compilação: José Queiroz
 Pinduca passeia pela vida com as mãos nos bolsos e um assobio nos lábios...
Alguns autores defendem que as melhores histórias em quadrinhos são aquelas nas quais apenas a imagem narra os acontecimentos, sem precisar de texto.









Henry, conhecido no Brasil por Pinduca ou Carequinha, é (ou foi) uma tira de quadrinhos criada em 1932 por Carl Thomas Anderson

Trata-se de um menino de calças curtas que além de não ter cabelos, possui pernas tortas e quase nunca fala. Na maioria das vezes ele se comunica por mímica. A distribuição nos EUA começou em 1934 e as tiras se iniciaram em 1935.

Com a morte de Anderson em 1948, os quadrinhos continuaram com o desenho de John Liney até a aposentadoria deste em 1979. Don Trachte o sucederia até 2005, quando também veio a falecer. Neste último período, também houve a colaboração de Jack Tippit e Dick Hodgins, Jr.

SÓ PARA LEMBRAR 


Outro personagem que pontificou nos quadrinhos por se comunicar através da mímica foi o Reizinho, de Otto Soglow, lembra-se?










PINDUCA NA DELL COMICS
Dell Comics publicou uma revista colorida sob o título de Carl Anderson's Henry, com 61 exemplares, no período de 1946 a 1961. Aqui, Pinduca fala normalmente.

PINDUCA NA EBAL
No Brasil, a Ebal publicou uma revista em quadrinhos do personagem durante os anos de 1953-1961, chamada de Pinduca. Recentemente a editora Pixel Media voltou a publicar as historias do personagem na revista Popeye e seus Amigos. Desfrute de algumas capas:



Gostou das capas? Pois elas foram obtidas no endereço:
http://www.enciclopediahq.com/2012/11/editora-ebal-titulos.html

Recomendo uma visita ao site.



6 comentários:

  1. Minha irmã Maria me achou parecido com o personagem Pínduca em meados de 1958 e resolveu colocar este apelido em mim.

    ResponderExcluir
  2. Carrego este apelido desde 1960... com muito orgulho!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Tenho alguns Gibis do Pinduca da Ebal e Carequinha da Vecchi, e dois da DELL Comics, que um amigo me mandou dos States.

    ResponderExcluir